Ankündigung

Einklappen
Keine Ankündigung bisher.

Lula e a falta de sorte

Einklappen
X
  • Filter
  • Zeit
  • Anzeigen
Alles löschen
neue Beiträge

    Lula e a falta de sorte

    #Ad

    Kommentar

      Ao longo de 25 anos de vida pública, Lula quando apoiou ou onde pisou trouxe a trilogia da desgraça: tragédia, desespero e desolação

      por Dalton C. Rocha, engenheiro agrônomo, e-mail: daltonagre@uol.com.br, (10/ 2004)

      Ano passado eu escrevi um artigo sob o título "Lula, o pé-frio". Nele eu destacava os desastres que quase sempre seguem os amigos do presidente. Recentemente, o articulista da revista "Veja" Diogo Mainardi escreveu um artigo destacando também mais azares de Lula. Diogo declarou que Lula dá azar. De fato, o Lula é um tremendo pé-frio mesmo. Tantas foram as vezes em que Lula apoiou uma coisa ou uma pessoa e tudo fracassou, que eu não vou citar todas. Vou apenas relatar alguns dos tantos exemplos dos maus fluidos que Lula emite o tempo todo. Depois eu vou destacar alguns possíveis novos clientes destes maus fluidos de Lula. Por fim, eu darei uma conclusão deste texto.

      O "Sapo Barbudo", de baderneiro de greves no ABC a Presidente da República, fez um tremendo progresso. O problema que eu tenho a destacar é que tal progresso contrasta com as desgraças que acompanharam inúmeras das pessoas e nações que ele apoiou. A ascensão de Lula é a calamidade de quase tudo o que ele toca. Vamos aos fatos do terríveis efeitos dos maus fluidos que o agora presidente emitiu nos últimos 25 anos.

      Exemplo 1: Lula apoia a URSS em 1979
      Lembram-se da URSS, aquela orgulhosa super-potência? Imensas conquistas na área espacial, o Pacto de Varsóvia, imensos desfiles no Kremlim etc. A URSS só fez mesmo crescer seu império de força global. Tudo ia bem, até que Lula resolveu apoiar a URSS. Daí por diante nada mais deu certo. Brejnev e mais outros dois ditadores da URSS morreram em apenas cerca de três anos, de 1982 a 1985. As colheitas foram se tornando um fracasso. De 1985 em diante a produção soviética de petróleo e de tudo mais começou a cair. A usina atômica de Chernobyl explodiu em 1986 e em 1991. A URSS deixou de existir. Como era bom para a URSS no tempo em que Lula não a apoiava. Como tudo ficou perdido depois que este pé-frio do Lula passou a apoiar a URSS!!!

      Exemplo 2: Lula apoia o general Jaruzelski da Polônia
      Em 1979, Lula começou a preferir apoiar o general Jaruzelski, ficando contra o sindicato Solidariedade. Greves e protestos explodiram contra Jaruzelski. Colheitas fracassadas, baderna, recessão, crise, endividamento absurdo e mais coisas horrorosas assolaram a Polônia a partir do momento em que Lula passou a apoiar o seu ditador marxista. Por fim, sem qualquer apoio, o general Jaruzelski foi posto na rua. O sindicato Solidariedade, que Lula tanto odiava, tomou o poder pelo voto popular.

      Exemplo 3: Lula apoia a invasão do Afeganistão, em 1979
      A então URSS de 1953 em diante havia intervido com absoluto sucesso em vários de seus ditos satélites, como a Alemanha Oriental (em 1953), a Hungria (em 1956), a Tchecoslováquia (em 1968). Todas essas intervenções foram um total sucesso. No entanto, o Lula resolveu apoiar a invasão soviética ao Afeganistão em 1979. Desde o começo a invasão foi um fracasso. Quase dez anos depois, a então URSS fugiu do Afeganistão. Tal desastre foi fundamental na extinção da URSS. Bem feito. Quem mandou invadir um país e ser apoiado pelo Lula?

      Exemplo 4: Lula apoia os sandinistas da Nicarágua
      Os sandinistas da Nicarágua haviam tomado o poder em 1979, por uma revolução marxista. Eles estavam triunfantes, felizes, fortes, orgulhosos. No entanto, Lula resolveu apoiar os sandinistas da Nicarágua de 1980 em diante. Tão logo começou a receber o apoio de Lula, os sandinistas passaram a ter uma série de infortúnios. Guerrilheiros chamados "Contras" assolaram a Nicarágua, as colheitas falharam, crises econômicas, hiperinflação arruinaram a Nicarágua. Faltava tudo na Nicarágua, exceto miséria, guerra, desastre e corrupção. Por fim, Daniel Ortega recebeu o apoio de Lula nas eleições nicaraguenses de 1990, 1996 e 2002. Em todas estas eleições, Ortega perdeu e desde 1990, os sandinistas estão fora do poder na Nicarágua e Ortega preso nos Estados Unidos. Belo resultado este apoio de Lula no sandinismo. Este Lula é um pé-frio danado.

      Exemplo 5: Lula apoia o casal Ceausescu da Romênia
      O casal Ceausescu vivia feliz governando a Romênia. Dúzias de palácios, enquanto povo passava fome. Os Ceausescu apoiavam quando um de seus filhotes perdia milhões de dólares nos cassinos de Las Vegas. Ao mesmo tempo, o casal Ceausescu mandava matar todos os que deles discordassem. A Romênia dos Ceausescu condenava a longas penas pessoas que cometessem crimes como ter uma máquina de escrever ou possuir mais de uma lâmpada em casa. Eles estavam felizes até que, em 1989, Lula fez umas declarações, elogiando o literalmente sinistro casal Ceausescu. Poucos meses depois o casal Ceausescu foi deposto, preso e por fim fuzilado na Romênia. Este Lula dá mesmo azar.

      Exemplo 6: Lula apoia o Muro de Berlim
      O Muro de Berlim existia desde 1961. O chamado "Muro da Vergonha" estava sólido e firme. Lula elogiou o muro e poucos anos depois o Muro de Berlim só existia nos livros de história. Este Lula é tão azarado que nem muro suporta seu azar.

      Exemplo 7: Lula apoia a Alemanha Oriental de Erich Honecker
      A Alemanha Oriental ia bem e seu ditador marxista, Erich Honecker, vivia feliz. Quer dizer, Erich Honecker vivia feliz até que Lula passou a apoiá-lo. Logo uma calamidade após a outra assolou a Alemanha Oriental. Erich Honecker foi deposto. Perseguido pela polícia e com medo de ser preso, Erich Honecker fugiu para o Chile, onde morreria no exílio. Quanto à Alemanha Oriental, esse país não existe desde 1990. Tá vendo como este Lula é um pé-frio mesmo. Destrói com seu azar invencível não só muro, mas país também.

      Exemplo 8: Lula apoia a Tchecoslováquia
      O Lula resolveu apoiar o ditador marxista da Tchecoslováquia. Veio uma desgraça atrás da outra. O ditador marxista da Tchecoslováquia caiu de podre. Poucos anos depois, a própria Tchecoslováquia deixou de existir. Este Lula só traz desolação.

      Exemplo 9: Lula apoia a guerrilha marxista em El Salvador
      Os guerrilheiros marxistas de El Salvador eram invencíveis. A CIA repetidas vezes tentou arranjar tropas para os vencer, mas nunca conseguia nada. Invencíveis até que Lula passou a falar toda espécie de apoios a esses guerrilheiros. A partir daí, El Salvador começou a se livrar das guerrilhas marxistas. Vencidos militarmente, os guerrilheiros passaram a participar do jogo político e perder sempre. El Salvador, por sinal, até substituiu a moeda nacional pelo dólar americano. Não existe há mais de doze anos qualquer guerrilha marxista em El Salvador.

      Exemplo 10: Lula apoia a guerrilha marxista em Honduras
      Parecidíssimos com os infelizes guerrilheiros marxistas de El Salvador em tudo. Invencíveis, até que Lula passou a apoiá-los. Este Lula só dá um azar incrível.

      Exemplo 11: Lula apoia a guerrilha marxista na Guatemala
      Tal e qual os guerrilheiros marxistas de El Salvador e Honduras, os guerrilheiros marxistas da Guatemala eram fortes, orgulhosos e vitoriosos. Quando Lula passou a bajular estes guerrilheiros marxistas desandaram a tiveram um fracasso atrás de outro. No final, a guerrilha marxista da Guatemala passou ao esgoto da história.

      Exemplo 12: Lula apoia o ditador Marxista Najibulah do Afeganistão
      Tão logo fugiram do Afeganistão, os soviéticos deixaram o marxista Najibulah no poder no Afeganistão. Lula resolveu apoiar este Najibulah. Assim que foi declarado esse apoio, uma guerra civil começou no Afeganistão. Najibulah foi tendo uma derrota atrás da outra e por fim este Najibulah foi deposto, preso e em seguida, Najibulah foi queimado vivo em praça pública. Tá vendo no que dá ser apoiado pelo Lula. Este homem dá um azar danado.

      Exemplo 13: Lula apoia o controle da URSS sobre os estados bálticos, em 1990
      A URSS controlava com mão de ferro, os chamados estados bálticos. No entanto, a URSS começou a ter o apoio de Lula a essa ocupação. Em 1990, os estados bálticos declararam sua independência. Lula apoiou a repressão, que redundou em total fracasso. E em 1991, a URSS deixou de existir. Os estados bálticos hoje são desprezados por Lula, assim como felizes e prósperos.

      Exemplo 14: Lula apoia Lech Walesa, de 1990 em diante
      Lula chegou a conclusão, em 1990, que sua oposição a Lech Walesa havia sido um equívoco, tanto que Lech Walesa foi eleito presidente da Polônia. Uma vez Lech Walesa no poder, Lula passou a apoiar o novo presidente da Polônia. Logo, em pouco tempo, uma desgraça atrás da outra, assolou o governo de Lech Walesa. Greves, crise, escândalos. Por fim, Lech Walesa foi tentar a reeleição, com o apoio e Lula, mas só teve 2% dos votos. Este Lula só traz desgraça mesmo.

      Exemplo 15: Lula apoia a ditadura marxista da Albânia
      A ditadura marxista da Albânia era altamente brutal e executava à vontade pessoas por crimes, como ter uma bíblia ou assistir uma missa. Lula, em sua aliança com o PCdoB, resolveu apoiar esse regime brutal e sanguinário. Mas logo tudo começou a piorar (ou será melhorar?). O regime marxista da Albânia caiu de podre. Desde 1991 o partido comunista da Albânia deixou de existir. Este Lula só consegue levar desespero.

      Exemplo 16: Lula apoia Saddam Hussein na invasão do Kuaite, em 1990 a 1991
      O ditador Saddam Hussein estava feliz e orgulhoso. Resolveu, com o apoio de Lula, invadir o vizinho Kuaite. Imensas multidões passaram a apoiar Saddam Hussein. Seu exército de um milhão de homens prometia a "mãe de todas as batalhas", "rios de sangue americano" etc. No final, tamanho apoio de Lula deu na mãe de todas as derrotas e retiradas. O exército de um milhão de homens de Saddam Hussein foi derrotado em menos de quatro dias e fugiu do Kuaite. As baixas americanas cabiam sentados no novo Airbus que Lula mandou comprar. Não adianta ter um exército de um milhão de homem se você tiver o apoio deste pé-frio do Lula.

      Exemplo 17: Lula apoia o golpe marxista na então URSS, em 1991
      Os golpistas marxistas haviam deposto Gorbachev e governavam a URSS. Nisso Lula resolveu apoiar eles. Não deu outra. Os golpistas foram depostos, presos e a URSS deixou de existir. O exército Vermelho tinha mais de 3 milhões de homens e milhares de armas atômicas, mas sumiu da história assim mesmo e sem dar um tiro. Está vendo no que dá ser apoiado pelo Lula?

      Exemplo 18: Lula não fica contra a candidatura George Bush em 1992
      Preocupado com o impeachment de Collor, Lula esqueceu de xingar o presidente George Bush. Como resultado disso, George Bush perdeu a reeleição presidencial em 1992. Perdeu, mas se Lula o tivesse xingado provavelmente teria ganho a reeeleição.

      Exemplo 19: Lula apoia Ulisses Guimarães e Severo Gomes, em 1992
      O então deputado Ulisses Guimarães era muito xingado por Lula, que o chamava de velhaco, múmia etc. Com o impeachment de Collor, Lula resolveu eleogiar Ulisses Guimarães. Não deu outra. Em menos de um mês depois Ulisses Guimarães, sua esposa, Severo Gomes e sua esposa embarcam num helicoptero, o qual se acidenta. O corpo do velho Ulisses nunca foi encontrado. Todos os outros também morreram. Este Lula só traz desolação.

      Exemplo 20: Lula apoia Íbsen Pinheiro em 1992
      Íbsen Pinheiro tinha uma brilhante carreira política e Lula não gostava dele. Também, por conta do impeachment de Collor, Lula passou a elogiar Íbsen Pinheiro. Logo, em menos de um ano, estourou um escândalo e Íbsen Pinheiro foi cassado. Este Lula só traz desespero.

      Exemplo 21: Lula exige a condenação de Collor, em 1994
      Collor vinha tendo uma coleção de derrotas e calamidades. Até que Lula passou a exigir também sua condenação à prisão. Collor acabou absolvido e todos os processos contra ele estão arquivados.

      Exemplo 22: Lula fica contra o plano Real, em 1994
      Lula resolveu opor-se ao Plano Real em 1994. Como resultado, Lula perdeu a eleição de 1994 e o Plano Real derrubou a inflação por mais de dez anos. É só o Lula ficar contra para dar certo.

      Exemplo 23: Lula apoia Mário Covas
      O PT havia perdido a eleição e Lula agradecido resolveu apoiar Mário Covas, que havia sido eleito governador de São Paulo. Logo depois Mário Covas ficou doente de câncer, piorou e por fim, morreu. Assumiu o vice Geraldo Alkmim. Lula passou a caluniar Geraldo Alkmim duramente. Como resultado de tantos ódios de Lula, Geraldo Alkmim não apenas teve o poder nas mãos depois da morte de Mário Covas, como venceu a reeleição e até hoje governa o Estado de São Paulo, com ótima saúde.

      Exemplo 24: Lula apoia Brizola, em 1998
      Leonel Brizola passara por um pouco de tudo na vida. Mas, ainda assim, Brizola era o governador do Rio de Janeiro. Em 1998, Leonel Brizola começou a cavar sua desgraça total quando procurou e obteve o apoio de Lula, para ser o vice-presidente na chapa que Lula encabeçava. Ambos perderam a eleição, mas se a derrota não foi o suficiente, a esposa de Brizola adoeceu e morreu. Brizola foi ser candidato a senador pelo Rio de Janeiro em 2002 e perdeu feio. A saúde de Brizola também começou a piorar e morreu em 2004. É nisso que dá ser aliado do Lula. Este Lula é o maior pé-frio deste mundo.

      Exemplo 25: Lula apoia Lionel Jospin para a presidência da França
      Lionel Jospin, estava feliz e era primeiro-ministro da França. Nisso, Lula, pela primeira vez na vida de Jospin, resolveu dar seu apoio ao francês. De imediato, Jospin começou a cair nas pesquisas. Perdeu a eleição ficando em terceiro lugar. Se isso era pouco pelo apoio de Lula, a mãe de Lionel Jospin enlouqueceu e se matou. Nem sendo mãe se escapa do mal-olhado deste Lula.

      Exemplo 26: Lula apoia Al Gore para presidente dos USA, em 2000
      Em 1992, por estar ocupado em aprovar o impeachment de Collor, Lula não se opôs a George Bush e nem apoiou o candidato democrata "Bill" Clinton. Como resultado dessa política, Bush pai perdeu a eleição e Bill Clinton foi eleito e reeleito presidente dos USA. Em 2000, não tendo Lula nada com que se preocupar especialmente, resolveu dar total apoio a Al Gore e a criticar o candidato republicano G. W. Bush. Como resultado disso, Al Gore perdeu a eleição e G. W. Bush foi eleito.

      Exemplo 27: Lula apoia o regime Talibã no Afeganistão
      Os talibães estavam fortes e felizes no poder no Afeganistão. Nisso Lula passou a apoiá-los. Os americanos começaram um bombardeio em 7/10/2004 e menos de dois meses depois os talibães estavam depostos de todas as cidades do Afeganistão. Milhares de talibães morreram contra menos de cinco mortes americanas. Essa foi a terceira vez em que Lula apoiou alguma coisa no Afeganistão e depois a desgraça assolou. Primeiro foram os derrotados soviéticos. Depois foi a vez de Najibulah. Por fim chegou a vez dos talibães quebrarem a cara. Lula é 100% azarado no Afeganistão.

      Exemplo 28: Lula apoia Saddam na segunda contra os USA
      Lula resolveu apoiar Saddam Hussein, que desta vez não disputava mais o controle do Kuaite, mas sim o controle do próprio Iraque. Mais apoio de Lula e mais azar para o apoiado. Menos de um mês de guerra, com pouquíssimas baixas americanas, o amigão de Lula, Saddam Hussein foi deposto. As estátuas de Saddam Hussein foram derrubadas e Saddam teve que trocar seus palácios pela vida de foragido.

      Exemplo 29: Lula apoia Saddam já deposto
      Com seu amigo Saddam Hussein já deposto, o Lula resolveu seguir apoiando Saddam Hussein, que tal e qual seus filhos estavam foragidos. Não deu outra. Os filhos de Saddam Hussein foram delatados e depois mortos em violento tiroteio pelos americanos. Os cadáveres dos filhos do amigão de Lula Saddam Hussein foram expostos nas televisões do mundo inteiro. Ser apoiado por Lula leva a isso mesmo.

      Exemplo 30: Lula apoia Saddam Hussein mais uma vez
      Lula já tinha visto seu amigo Saddam ter uma desgraça após a outra em cada apoio. Nisso, com Saddam Hussein foragido, Lula resolveu viajar para as ditaduras árabes e arengar contra os USA e a favor de seu foragido amigo Saddam Hussein. Não deu outra. Tão logo Lula estava de volta ao Brasil, Saddam Hussein foi descoberto e preso. Este Lula solta maus fluidos mesmo. Saddam é um exemplo. Cada vez que Lula bajula o ex-ditador do Iraque, Saddam tem uma desgraça de imediato. Primeiro Saddam perdeu o Kuaite. Depois Saddam perdeu o poder no Iraque. Depois Saddam viu seus filhos serem assassinados. Por fim o ex-ditador com palácios de bilhões de dolares foi para a cadeia. Apoio de Lula é infalível para levar a desgraças pra lá de Bagdá.

      Exemplo 31: Lula elogia o World Trade Center
      Quando em sua primeira viagem a Nova Iorque Lula cobriu de elogios os prédios do World Trade Center. Não deu outra. Poucos anos depois de Lula ter botado os pés naqueles edifícios, o WTC foi destruído em 11/9/2001. Para quem destruir nações com seu pé-frio já era habitual, destruir alguns prédios foi até mais facil. Este Lula dá azar a tudo, desde muro até prédios.

      Exemplo 32: Lula apoiou Jean Bertrand Aristide, em 2004
      O padre Jean Bertrand Aristide estava bem e feliz. No entanto, tão logo Lula começou a apoiá-lo, surgiram terríveis problemas. Aristide começou a ter uma desgraça atrás da outra. No final, Jean Bertrand Aristide foi deposto e fugiu do Haiti. Este Lula é pé-frio mesmo.

      Exemplo 33: Lula visita o Haiti, em agosto de 2004
      Lula achou pouco ter desgraçado seu amigão Jean Bertrand Aristide. O Haiti teria uma nova desgraça logo depois da visita de Lula: um furacão terrível assolou o Haiti e matou mais de 1.400 haitianos. Os prejuízos foram tremendos.

      Exemplo 34: Lula visita a República Dominicana em agosto de 2004
      O mesmo furacão que assolou o Haiti logo a seguir da chegada de Lula assolou a República Dominicana. Mesmo furacão com terríveis mortes e prejuízos materiais. Lula só leva azar mesmo...

      Exemplo 35: Lula visita a China, em maio de 2004
      Tufões e enchentes assolaram a China, nos dois meses seguintes. Se isso não é pouco, a China é a segunda maior importadora de petróleo do mundo. Tão logo Lula foi à China, o preço do petróleo começou a subir sem qualquer controle. Mais dezenas de bilhões de dólares de prejuízos terríveis. Este Lula é pé-frio até na China.

      Exemplo 36: Lula visita a Guiné-Bissal e Cabo Verde, em julho de 2004
      Uma praga de gafanhotos assolou essas pobres nações da África, poucos dias depois da chegada de Lula nesses países. Se isso não bastasse, essas nações são pobres e importam 100% do petróleo que consomem. Este Lula leva desgraça em todo lugar que chega.

      Exemplo 37: Lula apoiou o Sendero Luminoso
      O grupo terrorista e marxista Sendero Luminoso dominava vastas áreas do Peru. Logo depois que Lula se disse a favor de tais marxistas, em pouco tempo, os líderes do Sendero Luminoso foram mortos ou presos. O Sendero mal sobrevive hoje em dia. Lula é um oceano de maus fluidos.

      Exemplo 38: Lula resolve-se a apoiar o xeique Yassim do Hamas
      O Xeique Yassim vivia tranqüilo, em seus atos terroristas malvados contra os judeus. Isso por muitos anos. Bastou Lula fazer mais um elogio aos palestinos e mísseis israelenses atingiram o xeique Yassim matando tal figura, junto com vários comparsas.
      Lula é um pé-frio até na Terra Santa.

      Exemplo 39: Lula visita os USA, em 2004
      Lula viajou aos USA.Tão logo Lula passou por lá, em apenas seis semanas, quatro furacões assolaram os americanos.Se isso não bastasse, o candidato de Lula a presidente dos USA, John Kerry caiu nas pesquisas. Esse Lula é mesmo um furacão.

      Exemplo 40: Lula resolve apoiar quatro candidatos na eleição de 2004, no Rio
      O então prefeito do Rio de Janeiro, César Maia, tinha como oponentes quatro candidatos apoiados por Lula. César Maia os enfrentou e, por milagre e margem milimétrica, ganhou no primeiro turno. Os quatro amigos e candidatos de Lula morderam o pó da derrota.

      Possíveis novos clientes dos maus fluidos de Lula
      Nas próximas semanas, uma série de candidatos vão disputar eleições e tendo o apoio de Lula. São eles: John Kerry nos USA; Marta Suplicy em São Paulo; Raul Pont em Porto Alegre. Entre alguns outros. Sendo Lula apoiador eleitoral desses três infelizes, eu aconselho aos citados que comprem logo anti-depressivos, pois acredito que irão precisar. Lula é desgraça na certa.

      Conclusão:
      Lula é uma figura que atrai azar para os que apoia. Lula já destruiu países, muros, prédios, reputações e tudo o mais. Este Lula é azar puro, um pé-frio ao extremo. Mais dia, menos dias, tanto azar que Lula deu aos outros vai se voltar para ele mesmo. Para nossa felicidade...

      Eu, hein!!!

    Brasilien Forum Statistiken

    Einklappen


    Hallo Gast,
    Du hast Fragen?
    Wir haben die Antworten!
    >> Registrieren <<
    und mitmachen.

    Themen: 24.370  
    Beiträge: 179.403  
    Mitglieder: 12.219  
    Aktive Mitglieder: 71
    Willkommen an unser neuestes Mitglied, Abel Grant.

    P.S.: Für angemeldete Mitglieder ist das Forum Werbefrei!

    Online-Benutzer

    Einklappen

    323 Benutzer sind jetzt online. Registrierte Benutzer: 3, Gäste: 320.

    Mit 2.135 Benutzern waren am 16.01.2016 um 01:30 die meisten Benutzer gleichzeitig online.

    Lädt...
    X