Ankündigung

Einklappen
Keine Ankündigung bisher.

O Mundo e o Homem

Einklappen
X
  • Filter
  • Zeit
  • Anzeigen
Alles löschen
neue Beiträge

    O Mundo e o Homem

    #Ad

    Kommentar


      Assim falou Zaratustra, Das antigas e das novas tábuas, cap. XIV,
      de Friedrich Nietzsche
      .


      O mundo parece-se com o homem...

      "Para os puros tudo é puro", assim falava o povo. Mas eu vos digo: para
      os porcos tudo é porco!

      Por isso os fanáticos e os que curvam a cerviz, que também têm coração
      inclinado, predicam desta forma: "O próprio mundo é um monstro
      lamacento!"

      Porque todos esses têm o espírito sujo, especialmente os que se não dão
      paz nem sossego enquanto não vêem o mundo por detrás: são os
      crentes no mundo posterior! A esses lhes digo eu na cara, conquanto não
      soe muito bem: o mundo parece-se com o homem por ter também
      traseiro: isto é a grande verdade!

      Há no mundo lama demais: isto é grande verdade! Mas nem por isso o
      mundo é um monstro lamacento!

      É sensato haver no mundo muitas coisas que cheirem mal: o próprio asco
      cria asas e forças que pressentem mananciais!

      Até nos melhores há qualquer coisa repugnante, até o melhor é coisa que
      se deve superar!

      Ó! Meus irmãos!

      É sensato haver muita lama no mundo!

    • #2

      Perola


      Oi visitante,
      por acaso vc estuda filosofia???
      Ich bin glucklich!

      Kommentar

      • #3

        Re: Perola

        Zitat von Perola

        Oi visitante,
        por acaso vc estuda filosofia???
        não digo que estudo, mas aprecio sim!!

        Assim falou Zaratustra, O homem superior, cap. X, de Friedrich
        Nietzsche.


        Tropeçarás precisamente na tua altura.

        Se quereis subir, servi-vos das vossas pernas! Não vos deixeis levar ao
        alto, não vos senteis nas costas nem na cabeça de outrem!

        Montastes a cavalo! Galopas agora em bom passo até o fim? Bem, meu
        amigo! Mas o teu pé coxo vai também a cavalo!

        Quando chegares ao teu fim, quando desceres do cavalo, homem
        superior, tropeçarás precisamente na tua altura.

        Kommentar

        • #4

          [...] só um pouquinho de filosofia ...

          Raízes Africanas e Orientais da Filosofia

          1. A filosofia surgiu nos séculos VII -VI a.C. nas cidades gregas situadas na Ásia Menor. Começa por ser uma interpretação des-sacralizada dos mitos cosmogónicos difundidos pelas religiões do tempo. Não apenas de mitos gregos, mas dos mitos de todas as religiões que influenciavam a Ásia menor. Os mitos foram segundo Platão e Aristóteles a matéria inicial de reflexão dos filósofos. Eles tornaram-se num campo comum da religião e da filosofia, revelando que a pretensa separação entre estes dois modos do homem interpretar a realidade não é tão nítida como aparentemente se julga.

          Certas figuras históricas que surgem em meados do Iº. milênio corporizaram de modo especial este movimento:

          - Siddartha Guatama e Mahiva na Índia.

          - Lao-Tsé e Confúcio na China

          - Zaratustra na Pérsia

          - Heraclito, Pitágoras e Empédocles na Grécia

          - Os profetas Isaias, Jeremias e Ezequiel no Judaísmo.

          Todos proclamam uma concepção universal do divino ou um forma global de encarar a realidade que ultrapassava as perspectivas particulares das sociedades em que viviam.

          Zaratustra - (628-551 a.C.)

          [ ... ]

          Kommentar

          • #5



            Ich bin glucklich!

            Kommentar

            • #6

              filosofando

              Oi Perola,

              Minha formação acadêmica me presenteou Sartre, que tem como fundamento a liberdade do individuo. Fiz Pedagogia, e filosofia é matéria de base. E gosto da obra de Nietzsche. Nietzsche nos faz ver que devemos transformar a idéia de que a verdade não é objetiva numa disciplina do diálogo...se eu sei que a verdade não é definitiva, procuro um acordo, procuro escutar os outros, corrigir-me.

              um abraço

              Kommentar

              • #7

                A pior pobreza é a pobreza de espírito



                A pior pobreza é a pobreza de espírito ...

                No século XVI, mais do que revelações a respeito do futuro, o médico, filósofo, alquimista, astrólogo e astrônomo Michel de Notredame já dava grandiosas lições de vida - não apenas aos franceses em Saint-Rèmy, mas também aos povos dos quatro cantos do mundo.

                Nostradamus dizia que:

                "na vida, valem muito mais nossas experiências diárias do que supostas iluminações em relação ao futuro".

                Infelizmente, poucas pessoas percebem que é preciso viver cada minuto com ternura e intensidade - pensando sempre na prática do bem. Esse exato momento em que escrevo essa frase acaba de virar passado. Segundo uma música de Lulu Santos, “Nada do que foi será”.

                Ter boa memória significa estar sempre em berço esplêndido. Estamos vivendo uma era na qual tudo caminha muito rápido, ao contrário do homem em si, que parece fazer um movimento retrógrado. No fundo, o que temos é uma falsa impressão de que o mundo e as coisas realmente evoluem. A ansiedade em relação ao futuro da humanidade é muito grande. Essa mesma força que move cada um de nós é nociva e avassaladora. A energia de nossos anseios desesperados é quase totalmente descartável por ser impulsionada pela impaciência.

                Não é preciso ser monge budista nem praticar ioga para saber que o ato de desejar o ideal às pressas é uma estupidez. Atitude muito comum entre os seres humanos menos espiritualizados - já que a colheita é resultado de toda uma gestação. Infelizmente, o homem moderno vive, sem sombra de dúvidas, em função do seu próprio ego, que, na maioria das vezes, não cabe em si mesmo.

                Afinal, o que é preciso para que os seres humanos evoluam e sejam pessoas melhores? Mais educação? Menos materialismo? Mais respeito? O homem precisa olhar mais para o céu e deixar de ser tão cético, egocêntrico e ganancioso. O espírito deve ser o último a ser miserável. O preconceito, por exemplo, é uma forma estúpida de manifestar intolerância.

                Falta conhecimento, razão e senso crítico para designar o que cada um representa para o outro e para o mundo. Atualmente, para se ter um lugar ao sol, é preciso fingir que se domina um leque de opiniões com fundamento.

                O homem moderno acredita que compreende o significado da palavra “ponderação”, já que para falar a respeito de tudo aquilo que está relacionado ao outro faz parte de seu cotidiano.



                Quem definiu a normalidade? Quando foi que o homem decidiu classificar o que seria normal e o que seria anormal? Por que não excluímos o que é comum ao em vez daquilo que é diferente? Fala-se em igualdade, irmandade e fraternidade, mas pouco se faz. Infelizmente, algumas pessoas não respeitam nem a si mesma ... ...

                ... O racismo, por exemplo, não é uma expressão particular do preconceito racial. É, terminantemente, proibido usar o termo "raça" para distinguir as pessoas. O racismo destrói a auto-estima de negros, índios, anões, albinos, deficientes físicos, ex-presidiários, nordestinos, gordos, magros, loiras, homossexuais, bissexuais, transexuais e travestis, ou seja, de qualquer um que venha a ser discriminado por ser o que é. A lista de pessoas que sofrem com o preconceito é infinita.

                Segundo o psicanalista Contardo Calligaris: "o ser humano é o que é e acabou".

                Kommentar

                • #8

                  Bravo!!!!

                  Bravo!!!!!!!!!!

                  >)
                  Ich bin glucklich!

                  Kommentar

                  • #9

                    Bravo... Bravo... >) >)
                    GAST, nota 1000 pela suas postagens >)
                    Certa época da minha vida depois que terminei a Faculdade de Artes, pensei em estudar filosofia, mas não deu.....
                    >) Continue postando, por favor....

                    Tchau e até mais
                    "Mais do que de inteligência, precisamos de afeição e doçura.Sem estas virtudes a vida será de violência e tudo será perdido" (C.Chaplin)

                    Kommentar

                    • #10

                      O título é de um dos livros do Kierkegaard
                      (filósofo dinamarquês do século passado):

                      "De Omnibus Dubitandum Est"
                      cuja tradução é:

                      "É preciso duvidar de tudo!"




                      *a ironia, da parte de um pensador profundamente cristão, nessa frase é bem grande

                      Kommentar

                      Brasilien Forum Statistiken

                      Einklappen


                      Hallo Gast,
                      Du hast Fragen?
                      Wir haben die Antworten!
                      >> Registrieren <<
                      und mitmachen.

                      Themen: 24.354  
                      Beiträge: 179.212  
                      Mitglieder: 12.211  
                      Aktive Mitglieder: 56
                      Willkommen an unser neuestes Mitglied, Jensi.

                      P.S.: Für angemeldete Mitglieder ist das Forum Werbefrei!

                      Online-Benutzer

                      Einklappen

                      421 Benutzer sind jetzt online. Registrierte Benutzer: 0, Gäste: 421.

                      Mit 2.135 Benutzern waren am 16.01.2016 um 01:30 die meisten Benutzer gleichzeitig online.

                      Lädt...
                      X