Ankündigung

Einklappen
Keine Ankündigung bisher.

Campeonato Paulista: Santos devolve placar e é bicampeão

Einklappen
X
 
  • Filter
  • Zeit
  • Anzeigen
Alles löschen
neue Beiträge

  • Campeonato Paulista: Santos devolve placar e é bicampeão

    #Ad

    Kommentar

      Santos devolve placar e é bicampeão
      Time vence o São Caetano por 2 a 0 em partida emocionante no Morumbi
      GLOBOESPORTE.COM

      Em São Paulo
      ALTERAR O
      TAMANHO DA LETRA A-A+


      O Santos entrou em campo neste domingo, no Morumbi, como favorito. O São Caetano carregou consigo a vantagem de ter vencido o primeiro confronto por 2 a 0. Venceu a camisa alvinegra, que devolveu o placar da primeira partida e garantiu o bicampeonato paulista, o primeiro do Peixe depois da Era Pelé!

      O Azulão tinha uma bela vantagem: podia até perder por 1 a 0 que ficava com o título. Mas o Peixe, dono da melhor campanha da competição, jogava por dois resultados iguais. Precisava ganhar por 2 a 0. Conseguiu. As cabeças certeiras de Adaílton (assista ao vídeo do gol) e de Moraes permitiram a festa alvinegra.



      Toma lá, dá cá


      O Santos precisava fazer dois gols e não levar nenhum para ser campeão. Por isso pressionou o Azulão desde o primeiro minuto. Zé Roberto criou duas boas chances, mas Marcos Aurélio concluiu para fora em ambas. E foi dos pés de Zé Roberto que o gol do Peixe teve início. Em uma jogada individual do meia, o rival cedeu o escanteio. Pedrinho cobrou aos 24 e Adaílton subiu mais do que os marcadores para fazer um belo gol de cabeça.

      O São Caetano não conseguia criar chances de gol, e precisou se segurar muito para suportar a pressão do ávido Santos. O goleiro Luiz salvou o time do ABC em algumas oportunidades, como aos 30, em um bomba de Rodrigo Souto. Um minuto depois, o camisa 1 teve uma ajuda da trave para evitar o segundo gol.

      Assim que acabou o primeiro tempo, o técnico Dorival Júnior foi reclamar da arbitragem. Na opinião dele, José Henrique de Carvalho errou ao punir Triguinho com um cartão amarelo e não fazer o mesmo quando os jogadores do Peixe que cometeram faltas mais duras. Vanderlei Luxemburgo não deixou o rival reclamar e se meteu na confusão:


      "Deixa ele apitar o jogo, no grito você não vai ganhar não. Sou macaco velho, não vai pressionar o árbitro"
      Vanderlei Luxemburgo, técnico do Santos
      A pressão santista continuou no segundo tempo. Júnior voltou com Galiardo no lugar de Canindé, que não teve a atuação que o treinador esperava. O jogador entrou com a missão de marcar Zé Roberto, um dos melhores em campo.

      Aos 15, Cléber Santana também estufou a rede de Luiz com um gol de cabeça, mas este foi corretamente anulado pelo árbitro, porque o jogador estava impedido. Alívio na torcida do Azulão!

      Aos 36, apoiado pelo torcedor, Kléber colocou a bola na cabeça do novato Moraes, que marcou de cabeça. O garoto mostrou que o futebol está mesmo no seu sangue: é filho do ex-jogador santista Aloísio Guerreiro e irmão de Bruno, jogador do Porto (POR).

      A torcida do Peixe foi ao delírio após o segundo gol. Luiz Alberto, do Azulão, foi expulso por falta em Moraes e uma pequena confusão se formou. Tudo terminado, restou ao Santos rezar pelo fim da partida. O alívio veio aos 49, com a festa dos jogadores e sem a presença de Vanderlei, que foi embora antes do apito final. Uma tradição para o técnico campeão.

      SANTOS 2 X 0 SÃO CAETANO
      Fábio Costa
      Maldonado
      Ávalos
      Adaílton
      Kléber
      Rodrigo Souto
      Cléber Santana
      (Carlinhos)
      Pedrinho
      (Tabata)
      Zé Roberto
      Marcos Aurélio
      Jonas
      (Moraes)
      T: V. Luxemburgo Luiz
      Paulo Sérgio
      Thiago
      Maurício
      Triguinho
      Glaydson
      (Ademir Sopa)
      Luiz Alberto
      Canindé
      (Galiardo)
      Douglas
      Luís Henrique
      (Marcelinho)
      Somália
      T: Dorival Júnior
      Gols: Adaílton, aos 24 minutos do primeiro tempo. Moraes, aos 36 minutos do segundo tempo
      Cartões amarelos: Fábio Costa, Jonas, Ávalos, Moraes, Adaílton (Santos); Canindé, Triguinho, Douglas, Luiz Alberto, Luiz, Galiardo (São Caetano)
      Vermelho: Luiz Alberto (São Caetano)
      Árbitro: José Henrique de Carvalho
      Auxiliares: Edmilson Corona e Ana Paula Oliveira
      Data: 06/05/2007
      Estádio: Morumbi, em São Paulo (SP)
      Público: 59.063
      Gruss brasilmen Thomas
      www.brasilmen.de

    Unconfigured Ad Widget

    Einklappen

    Brasilien Forum Statistiken

    Einklappen


    Hallo Gast,
    Du hast Fragen?
    Wir haben die Antworten!
    >> Registrieren <<
    und mitmachen.

    Themen: 24.772  
    Beiträge: 183.988  
    Mitglieder: 12.547  
    Aktive Mitglieder: 39
    Willkommen an unser neuestes Mitglied, Test34Hilfe.

    P.S.: Für angemeldete Mitglieder ist das Forum Werbefrei!

    Online-Benutzer

    Einklappen

    302 Benutzer sind jetzt online. Registrierte Benutzer: 5, Gäste: 297.

    Mit 2.135 Benutzern waren am 16.01.2016 um 00:30 die meisten Benutzer gleichzeitig online.

    nach Oben
    Lädt...
    X