Ankündigung

Einklappen
Keine Ankündigung bisher.

Argentina bate Brasil e está na Copa

Einklappen
X
 
  • Filter
  • Zeit
  • Anzeigen
Alles löschen
neue Beiträge

  • Argentina bate Brasil e está na Copa

    #Ad

    Kommentar

      A Argentina venceu por 3 a 1 o Brasil nesta quarta-feira, em Buenos Aires, e é o primeiro país sul-americano já classificado para a Copa do Mundo de 2006. A seleção treinada por José Pekerman chegou aos 31 pontos nas Eliminatórias e não tem mais como perder sua vaga. Os gols dos hermanos foram de Crespo (dois) e Riquelme, todos no primeiro tempo. Roberto Carlos, de falta, no segundo, fez para os brasileiros.

      No primeiro tempo, a Seleção Brasileira não apresentou o bom futebol da goleada por 4 a 1 sobre o Paraguai, no último domingo. O "quarteto mágico" formado por Kaká, Ronaldinho Gaúcho, Robinho e Adriano criou poucas oportunidades e não brilhou.

      No segundo tempo, a equipe melhorou, chegou a pressionar, mas não conseguiu o resultado positivo. Com a derrota, o Brasil segue com 27 pontos em segundo lugar. Nas últimas três rodadas, a Seleção pegará Chile (em casa), Bolívia (fora) e Venezuela (em casa).

      A Argentina precisou de apenas três minutos para dar as boas-vindas ao Brasil: Lucho Gonzalez acertou um belo passe para Crespo na entrada da área, Cafu dava condição, e Crespo bateu no canto esquerdo. Delírio da torcida, que lotou o estádio Monumental de Nuñez.

      O Brasil tentou dar a resposta um minuto depois, com Robinho, mas o "Rei do Drible" arriscou de fora da área e mandou para fora. O domínio argentino no início do primeiro tempo era tão evidente, que os torcedores já gritavam olé com 10 minutos.

      Aos 11, a Seleção teve uma boa jogada pela direita. Cafu puxou contra-ataque, deu para Kaká, que tocou na frente para Adriano. O atacante ia invadir a área mas acabou derrubado por Ayala. Roberto Carlos bateu a falta, mas acertou a barreira.

      O segundo gol argentino não demorou a sair. Aos 17 minutos, Riquelme recebeu na entrada da área, driblou Roque Júnior e bateu no canto direito de Dida: golaço.

      A Seleção melhorou um pouco após o segundo gol e passou a ter mais controle de bola no meio-campo. Porém, a Argentina apertou a marcação e o ataque brasileiro tinha dificuldade para chegar à área. O principal problema do time de Carlos Alberto Parreira continuou sendo a defesa, que deixava muitos espaços para os avanços dos donos da casa.

      E foi em mais um contra-ataque que a Argentina quase ampliou aos 30 minutos. Após mais uma falha da zaga, Saviola foi lançado nas costas de Cafu, avançou e cruzou, mas Lucho Gonzalez chegou atrasado e não conseguiu concluir dentro da área.

      Mas dez minutos depois a Seleção não conseguiu evitar o terceiro. Riquelme cobrou escanteio de forma rasteira para Saviola na área. O jogador do Monaco virou e cruzou, Roque Júnior falhou e Crespo tocou de cabeça.

      A Argentina tentou repetir no segundo tempo o início arrasador do primeiro. Porém, aos 2 minutos esbarrou em Dida: Saviola tocou para Lucho Gonzaléz na entrada da área, ele soltou a bomba e o goleiro brazuca fez bela defesa. Mas depois disso, o Brasil passou a ter mais controle do jogo.

      Com jogadas de Roberto Carlos, a Seleção perdeu três boas chances. Aos 11, o lateral cruzou rasteiro da esquerda, Ronaldinho Gaúcho, dentro da área, bateu fraco e Heinze cortou quase em cima da linha. Seis minutos depois, Roberto cruzou, a bola passou na frente do goleiro, Zé Roberto pegou, de joelho, e mandou para fora. Aos 27 minutos, o camisa seis mandou pelo alto, Roque Júnior subiu bem, mas cabeceou para fora, por cima.

      E foi Roberto Carlos quem conseguiu fazer o gol brasileiro. Aos 26, em uma falta perto da área, soltou uma bomba e acertou o ângulo direito de Abbondanzieri. Um golaço.

      A Seleção se empolgou e foi para o ataque, perdendo boas chances. A principal foi com Adriano, aos 38: ele recebeu de Ronaldinho na área, trombou com dois zagueiros, ficou na frente do gol e chutou na trave direita. A Argentina conseguiu segurar a pressão e saiu do Monumental de Nuñez com a vitória e a classificação antecipada para a Copa da Alemanha.

      FICHA TÉCNICA ARGENTINA 3 x 1 BRASIL

      Data-Hora: 8/6 - 21h45min (de Brasília) Local: estádio Monumental de Nuñez, em Buenos Aires (ARG) Árbitro: Gustavo Méndez (URU) Auxiliares: Álvaro Sacarelo (URU) e Edgardo Acosta (URU) Renda: R$ 1.850.000,00 Público: 70 mil pessoas Cartões amarelos: Cafu, Ronaldinho Gaúcho, Roque Júnior (BRA); Heinze (ARG) GOLS: Crespo, 3'/1ºT (1-0); Riquelme, 17'/1ºT (2-0); Crespo, 40'/1ºT (3-0); Roberto Carlos, 26'/2ºT (3-1)

      ARGENTINA: Abbondanzieri; Coloccini, Ayala, Heinze; Lucho González (Zanetti, 25'/2ºT), Mascherano, Sorín; Kily Gonzaléz, Riquelme; Saviola (Tevez, 36'/2ºT) e Crespo. Técnico: Jose Pekerman BRASIL: Dida, Cafu, Roque Júnior, Juan e Roberto Carlos; Emerson, Zé Roberto, Kaká e Ronaldinho Gaúcho; Adriano e Robinho (Renato, 15'/2ºT). Técnico: Carlos Alberto Parreira

      23:52 05/6//8/
      Gruss brasilmen Thomas
      www.brasilmen.de

    Unconfigured Ad Widget

    Einklappen

    Brasilien Forum Statistiken

    Einklappen


    Hallo Gast,
    Du hast Fragen?
    Wir haben die Antworten!
    >> Registrieren <<
    und mitmachen.

    Themen: 24.779  
    Beiträge: 184.050  
    Mitglieder: 12.558  
    Aktive Mitglieder: 39
    Willkommen an unser neuestes Mitglied, Ray2610.

    P.S.: Für angemeldete Mitglieder ist das Forum Werbefrei!

    Online-Benutzer

    Einklappen

    310 Benutzer sind jetzt online. Registrierte Benutzer: 3, Gäste: 307.

    Mit 2.135 Benutzern waren am 16.01.2016 um 00:30 die meisten Benutzer gleichzeitig online.

    Lädt...
    X