15/04/2004

Especialistas não aconselham investir no Brasil

Uma pesquisa feita pela Conferencia das Nações Unidas para o Comércio e o Desenvolvimento (Unctad) junto a 87 especialistas que aconselham empresas sobre decisões de investimentos traz uma má notícia para o Brasil. O país fica fora de um ranking global de economias que poderão atrair mais investimentos diretos estrangeiros nos próximos quatro anos. Além disso, perde para o México a posição de economia da América Latina que mais pode receber investimentos estrangeiros, ficando em segundo lugar ao lado do Chile.

Para os analistas consultados, os países que globalmente mais podem receber investimentos diretos são China e Índia, seguido pelos EUA, Tailândia, Polônia, República Checa, México, Malásia, Reino Unido, Cingapura e Coréia do Sul.

Do Valor Econômico