Ankündigung

Einklappen
Keine Ankündigung bisher.

Novas maneiras de vender

Einklappen
X
  • Filter
  • Zeit
  • Anzeigen
Alles löschen
neue Beiträge

  • Novas maneiras de vender

    Domingo, 23 de Maio de 2004

    Novas maneiras de vender

    Em vez de refrigerantes e salgadinhos, as máquinas vendem livros! A automação foi a saída encontrada por Fábio Netto para montar o seu negócio. Ele queria vender livros a preços populares, mas não conseguia convencer os donos de livrarias.
    “Com um livro de R$ 3 você não consegue competir com o livro de R$ 30, que deixa maior margem com uma área pequena de vitrine. Um dia deu o estalo: vai ser em máquina”, lembra Fábio.

    E ficou mais barato mesmo. O equipamento eliminou gastos com distribuição e comercialização, responsáveis por mais da metade do custo de um livro. Na máquina, o exemplar mais caro sai por R$ 10 e o mais barato por R$ 3.

    A máquina custa R$ 20 mil e o próprio empresário fez as adaptações: mudou o sistema de pagamento para valores mais altos e ajustou as aberturas para o tamanho dos livros. Os títulos variam de acordo com o público de cada estação. Segundo Fábio, um funcionário cuida da manutenção mensal do equipamento e outro reabastece o estoque a cada dois dias. Em cada máquina cabem 342 volumes.

    “A gente dilui os custos do funcionário, da manutenção, do abastecimento e outros gastos pela quantidade de máquinas. Quanto mais máquina tiver, mais barato vai ficando”, explica o empresário.

    ATENÇÃO NA ESCOLHA DO PONTO

    Em um ano, Fábio instalou 21 máquinas. A escolha do ponto é decisiva. Os equipamentos ficam nas estações de metrô, em São Paulo e no Rio de Janeiro. O empresário calcula que, em média, 80 mil pessoas passem todos os dias em frente de cada uma das máquinas.

    Assim como Fábio, a enfermeira Silene Tuma também tinha o sonho de vender os seus produtos, no caso, bijuterias. Mas o trabalho no hospital ocupava todo o tempo dela. E foi na máquina que ela viu a solução para o problema.

    Com a ajuda da irmã, Silene compra as bijuterias no atacado e embala, uma a uma. A peça mais cara custa R$ 30. O faturamento por máquina gira em torno de R$ 6 mil a R$ 8 mil por mês. O principal cuidado é com a segurança .

    “A máquina chama muita atenção. Como eu trabalho com folheados a ouro, suscita roubos e depredação. Então, dou preferência a mercados, lojas de conveniência, padarias e aeroportos”, revela.

    LOJA MÓVEL

    Mas ter um ponto de venda fixo não é a única condição para ter sucesso no comércio. Que tal, por exemplo, ter uma loja dentro de um carro? Com a vantagem de poder ir exatamente ao encontro do cliente: dentro de um estádio de futebol, pouco antes de o jogo começar. Com tantos e tão apaixonados consumidores por perto, vender artigos para torcedores ficou fácil. Em duas horas, a loja ambulante (foto) chega a faturar mais de R$ 5 mil.

    Eduardo Rosemberg começou a testar a idéia no início de 2004. Dono de uma rede de franquia de artigos esportivos, ele vende camisetas, chaveiros e bandeiras licenciados pelos grandes times de futebol. Os custos com o carro representam 10% do que ele gasta para manter a loja convencional.

    “Proporcionalmente, a loja móvel vende mais do que uma loja física. O que eu vendo num evento, por exemplo, demoro uma semana para vender numa loja física”, diz Eduardo Rosemberg.

    O carro custou R$ 50 mil, sendo que nas adaptações ele gastou mais R$ 20 mil. Com travas nas gavetas, os armários têm capacidade para 500 peças. As três baterias extras fornecem energia para o ar condicionado, a iluminação, as máquinas de cartão de crédito e o som, essenciais para atrair o torcedor.

    Quelle: http://redeglobo6.globo.com/Pegn/0,6...9578-0,00.html

Brasilien Forum Statistiken

Einklappen


Hallo Gast,
Du hast Fragen?
Wir haben die Antworten!
Anmelden und mitmachen.
P.S.: Für angemeldete Mitglieder ist das Forum Werbefrei!

Themen: 24.124  
Beiträge: 177.029  
Mitglieder: 11.924  
Aktive Mitglieder: 81
Willkommen an unser neuestes Mitglied, surfistas.

Online-Benutzer

Einklappen

279 Benutzer sind jetzt online. Registrierte Benutzer: 3, Gäste: 276.

Mit 2.135 Benutzern waren am 16.01.2016 um 01:30 die meisten Benutzer gleichzeitig online.

Lädt...
X