Ankündigung

Einklappen
Keine Ankündigung bisher.

Varig meldet Konkurs an

Einklappen
X
 
  • Filter
  • Zeit
  • Anzeigen
Alles löschen
neue Beiträge

  • #51
    VARIG und wie geht's weiter?

    Neue Nachrichten zum Konkurs Fall Varig:
    -----------------------------------------------------------------
    Angestellte bieten 350 Mio Euro für Brasiliens Gesellschaft Varig

    RIO DE JANEIRO (AWP International) - Der Zusammenschluss der Angestellten der
    brasilianischen Fluggesellschaft Varig hat umgerechnet 350 Millionen Euro für
    die Übernahme des hoch verschuldeten Unternehmens geboten. Keine der vier
    anderen interessierten Gruppen habe am ersten Versteigerungstag am Donnerstag
    in Rio de Janeiro Gebote abgegeben, berichteten Medien. Die brasilianische
    Justiz habe nun 24 Stunden Zeit, um das Gebot der "Gruppe der Arbeiter von
    Varig" (TGV) anzunehmen oder zurückzuweisen, hiess es. Der Angestelltenverband
    müsse beweisen, dass er für den Kaufpreis aufkommen und den Betrieb der Airline
    aufrechterhalten kann.

    Das TGV-Gebot liegt den Angaben zufolge etwa 50 Prozent unter dem von der
    Justiz festgelegten Mindestpreis von 860 Millionen US-Dollar (etwa 670 Mio
    Euro) für den operativen Bereich. Es liegt auch deutlich unter den Forderungen
    der Gläubiger der Firma, die sich auf rund 7,9 Milliarden Real (etwa 2,75 Mrd
    Euro) belaufen. Die Investmentgruppe Matlin Patterson hatte im Dezember bereits
    den Logistikbereich "VarigLog" für 48 Millionen Dollar erworben.

    Unter den Interessenten waren die beiden brasilianischen Fluggesellschaften TAM
    und Gol, die die grösste Fluggesellschaft Südamerikas in den vergangenen zwei
    bis drei Jahren deutlich überflügelt hatten, sowie auch ein von der
    portugiesischen TAP angeführter Zusammenschluss.

    Im Juni 2005 hatte Varig Konkurs angemeldet, um durch Gläubigerschutz die
    Pfändung von Flugzeugen zu verhindern, die aufgrund der Zahlungsschwierigkeiten
    drohte. Durch den Insolvenzantrag konnte der Flugbetrieb aufrecht erhalten
    werden. Im vergangenen Jahr schrieb das Unternehmen, das rund 9000 Angestellte
    hat, bei einem Umsatz von 6,6 Milliarden Real rote Zahlen in Höhe von 1,5
    Milliarden Real (etwa 520 Mio Euro).
    -----------------------------------------------------------
    Gruss
    NaRo

    Kommentar


    • #52
      Schon mal gerechnet

      Pro Kopf der noch ca 9000 verbliebenen jetzigen Angestellten 38 888 Euro . Woher ????
      Tz TZ Tz
      Und dann mal überlegt ob an der Meldung etwas wahres dran sein kann .
      Geschmacksache sprach der Affe und biß in das Stück Kernseife
      Irren ist menschlich sagte der Hahn und stieg von der Ente und dann auf den Schwan .

      Kommentar


      • #53
        Zitat von NaRo
        Neue Nachrichten zum Konkurs Fall Varig:
        -----------------------------------------------------------------
        Angestellte bieten 350 Mio Euro für Brasiliens Gesellschaft Varig

        RIO DE JANEIRO (AWP International) - Der Zusammenschluss der Angestellten der
        brasilianischen Fluggesellschaft Varig hat umgerechnet 350 Millionen Euro für
        die Übernahme des hoch verschuldeten Unternehmens geboten. Keine der vier
        anderen interessierten Gruppen habe am ersten Versteigerungstag am Donnerstag
        in Rio de Janeiro Gebote abgegeben, berichteten Medien. Die brasilianische
        Justiz habe nun 24 Stunden Zeit, um das Gebot der "Gruppe der Arbeiter von
        Varig" (TGV) anzunehmen oder zurückzuweisen, hiess es. Der Angestelltenverband
        müsse beweisen, dass er für den Kaufpreis aufkommen und den Betrieb der Airline
        aufrechterhalten kann.

        Das TGV-Gebot liegt den Angaben zufolge etwa 50 Prozent unter dem von der
        Justiz festgelegten Mindestpreis von 860 Millionen US-Dollar (etwa 670 Mio
        Euro) für den operativen Bereich. Es liegt auch deutlich unter den Forderungen
        der Gläubiger der Firma, die sich auf rund 7,9 Milliarden Real (etwa 2,75 Mrd
        Euro) belaufen. Die Investmentgruppe Matlin Patterson hatte im Dezember bereits
        den Logistikbereich "VarigLog" für 48 Millionen Dollar erworben.

        Unter den Interessenten waren die beiden brasilianischen Fluggesellschaften TAM
        und Gol, die die grösste Fluggesellschaft Südamerikas in den vergangenen zwei
        bis drei Jahren deutlich überflügelt hatten, sowie auch ein von der
        portugiesischen TAP angeführter Zusammenschluss.

        Im Juni 2005 hatte Varig Konkurs angemeldet, um durch Gläubigerschutz die
        Pfändung von Flugzeugen zu verhindern, die aufgrund der Zahlungsschwierigkeiten
        drohte. Durch den Insolvenzantrag konnte der Flugbetrieb aufrecht erhalten
        werden. Im vergangenen Jahr schrieb das Unternehmen, das rund 9000 Angestellte
        hat, bei einem Umsatz von 6,6 Milliarden Real rote Zahlen in Höhe von 1,5
        Milliarden Real (etwa 520 Mio Euro).
        -----------------------------------------------------------
        Gruss
        NaRo

        QUELLE: http://www.finanznachrichten.de/nach...el-6543908.asp

        Kommentar


        • #54
          VARIG Aktien im Keller nach Versteigerung

          Der Aktienkurs der VARIG ist nach dem Ende des heutigen ersten Versteigerungstag um fast 60% eingebrochen.

          Ações da Varig despencam quase 60% após leilão

          Quinta, 8 de Junho de 2006, 18h18 Fonte: Reuters

          As ações Varig despencaram quase 60% nesta quinta-feira na Bolsa de Valores de São Paulo, depois que houve apenas uma proposta no leilão pela Varig Operacional, unidade que agrega as rotas internacionais e domésticas da mais tradicional companhia aérea do país.
          "Nossa primeira impressão é que o resultado do leilão foi negativo para a Varig", avaliou o analista de transportes do Unibanco Carlos Albano, em relatório.
          "Acreditamos que a atual oferta tem baixa chance de ser aceita. Dito isso, em nossa avaliação, as chances de a Varig entrar em falência ou pelo menos de continuar a perder participação de mercado rapidamente aumentou", complementou.
          A oferta do TGV foi de US$ 449 milhões, 48% abaixo do preço mínimo de US$ 860 milhões estabelecido pelo juiz Luiz Roberto Ayoub, encarregado do processo de recuperação judicial da companhia, que tem agora 24 horas para analisar a oferta.
          As ações da Varig fechararam em baixa de 58%, a R$ 1,51, num total de 3.941 negócios, um dos maiores da história do papel, de acordo com levantamento da Bovespa. O volume financeiro foi de cerca de R$ 26 milhões, expressivo para o papel.

          http://br.invertia.com/noticias/noti...1517nN08388152

          Kommentar


          • #55
            Entscheidung über Versteigerung verschoben...

            Die Entscheidung ob das gestrige Angebot der Varigangestellten (TGV) zum Kauf der VARIG wurde vom zuständigen Richter auf Montag verschoben...

            Decisão sobre Varig deve sair nesta segunda

            Publicado em 09.06.2006, às 16h08
            A decisão do juiz Luiz Roberto Ayoub, da 8ª Vara Empresarial do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, sobre a proposta do Trabalhadores do Grupo Varig (TGV) pela compra da Varig deve sair apenas na segunda-feira. Ayoub pediu mais tempo para analisar o processo. Nesta sexta-feira, ele recebeu uma proposta do fundo de investimentos Multilong Corporation, que ofereceu US$ 800 milhões pelas operações domésticas e internacionais da companhia.
            O pagamento seria financiado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), mas o banco informou anteriormente que só poderia ajudar com dois terços do valor total da aquisição da Varig. A operação de compra envolveria a emissão de debêntures. O Multilong seria 100% brasileiro e seu representante chama Michael Breslow.
            O TGV, representado pela NV Participações, foi o único a apresentar proposta no leilão realizado no dia anterior no hangar da empresa no aeroporto Santos Dumont. O grupo ofereceu R$ 1,010 bilhão (US$ 449 milhões) pela Varig. Pela proposta, o montante será dividido em R$ 225 milhões em créditos, R$ 500 milhões em debêntures e participação no lucro da companhia e R$ 285 milhões em dinheiro.
            No entanto, o valor oferecido ficou bem abaixo dos valores mínimos oferecidos no leilão, e que não tiveram nenhuma oferta. As propostas iniciais eram leiloar a Varig completa, com as linhas nacionais e internacionais, por US$ 860 milhões, ou apenas as rotas domésticas, por US$ 700 milhões. Em razão disso, é possível que o juiz Ayoub rejeite a proposta.
            Caso isso aconteça, Ayoub já anunciou que não realizará um novo leilão, e que o caminho o caminho mais provável é decretar a falência da Varig.

            Fonte: Diário do Grande ABC
            http://jc.uol.com.br/2006/06/09/not_113665.php

            Kommentar


            • #56
              Konkurs: Fall Varig

              Alle die ein Ticket fuer Dienstag haben, bitte hier klicken:


              http://www.schlauchboot-markt.de/


              :apple:

              Kommentar


              • #57
                VARIG-kriese geht weiter...

                VARIG storniert 16 Flüge, 4 davon intl.! Die Streke Rio/São Paulo - Buenos Aires wurde eingestellt...

                Varig cancela 16 vôos; quatro são internacionais

                De acordo com a companhia, as rotas suspensas foram: Rio-Buenos Aires; Buenos Aires-Rio; São Paulo-Buenos Aires e Buenos Aires-São Paulo

                Monica Ciarelli RIO -
                A Varig informou nesta segunda-feira que foram cancelados 16 vôos, sendo quatro internacionais. De acordo com a companhia, as rotas suspensas foram: Rio-Buenos Aires; Buenos Aires-Rio; São Paulo-Buenos Aires e Buenos Aires-São Paulo.
                A assessoria de imprensa da empresa explicou que a Varig tenta reprogramar seus vôos para se adequar ao novo tamanho de sua frota. Além disso, a assessoria ponderou que questões climáticas também influenciaram na suspensão. O aeroporto de Porto Alegre, por exemplo, ficou fechado devido ao mau tempo.
                O presidente do conselho de administração da Varig, Humberto Rodrigues Filho, já havia dito nesta segunda que os cancelamentos de vôos neste fim de semana haviam sido conseqüência de problemas meteorológicos e operacionais. O executivo relatou que, ao todo, foram arrestadas quatro aeronaves que eram usadas em rotas domésticas. O executivo descartou problemas com falta de combustível.
                Perguntado se a Varig teria problemas ou poderia cancelar vôos para os Estados Unidos nesta segunda, em virtude de uma decisão na sexta-feira passada que determinou a devolução de sete aviões para a divisão de leasing da Boeing, Rodrigues Filho descartou essa hipótese.
                Foram suspensos nesta segunda-feira quatro pontes aéreas que partiriam do aeroporto de Congonhas. Do aeroporto de Guarulhos, em Cumbica, foram cancelados cinco vôos: Manaus (previsto para 11h), Recife (13h30), Salvador (12h10), e os internacionais para Buenos Aires (15h) e Los Angeles (23h50). Todos os outros vôos da companhia partiram com pelo menos 30 minutos de atraso.

                Final de semana

                O cancelamento dos vôos da companhia aérea começou no final de semana. A Varig suspendeu quatro vôos internacionais: São Paulo-Miami; São Paulo-Nova York; São Paulo-Cidade do México e São Paulo-Santiago. Os quatro vôos internacionais cancelados no final de semana eram de aeronaves Boeing. Na última sexta-feira a Justiça de Nova York determinou que sete aviões da Boeing usados pela Varig, em sistema de leasing, poderiam ser retomados pela Boeing. Segundo a Anac, a Varig não vem informando os motivos dos cancelamentos.
                Em entrevista neste final de semana ao Estado, o presidente da Varig, Marcelo Bottini, disse que "não pode desacreditar" da proposta feita pela Trabalhadores do Grupo Varig (TGV), no valor de US$ 449 milhões, e comentou que é preciso aguardar a decisão da Justiça. Informou, ainda, que já está negociado com a Boeing que a eventual devolução dos jatos alugados pela empresa seria apenas a partir de terça-feira. Ainda, segundo a empresa, os cancelamentos são resultados de problemas técnicos.

                http://www.estadao.com.br/ultimas/ec...jun/12/254.htm

                Kommentar


                • #58
                  TAP unterbreitet Angebot

                  Am heutigen 12.06.2006 unterbreitete die TAP in Zusammenarbeit mit Air Canada ein weiteres Kaufangebot zur übernahme der VARIG...

                  TAP apresenta proposta de compra da Varig, diz fonte

                  Agência Reuters

                  O presidente da TAP, Fernando Pinto, apresentou nesta segunda-feira ao juiz Luiz Roberto Ayoub, encarregado do processo de recuperação judicial da Varig, proposta de compra da empresa, segundo uma fonte ligada ao Tribunal de Justiça.
                  O valor da oferta não foi informado, mas seria uma aquisição em consórcio com a Air Canada e o fundo de investimento norte-americano Brookfield. Em Lisboa, um porta-voz da companhia portuguesa afirmou à Reuters que a "TAP não tem comentários a fazer mas continua a acompanhar o processo da Varig".
                  Com frequência o nome da TAP aparece entre as interessadas em assumir as operações da Varig. A empresa portuguesa adquiriu no final do ano passado, por meio da AeroLB, a VEM e a VarigLog, antigas subsidiárias de manutenção e logística da Varig, respectivamente. Depois, a AeroLB vendeu a VarigLog para a Volo do Brasil.
                  O presidente da companhia aérea portuguesa já manifestou repetidas vezes seu interesse pela Varig.
                  No final de abril, o executivo da TAP --que já presidiu a própria Varig-- disse que só injetaria recursos na empresa brasileira depois de sua reestruturação financeira e operacional.
                  Recentemente, a AeroLB, empresa de propósito específico formada pela TAP para a compra da VEM, visitou o "data room" (sala de informações) da Varig montado antes do leilão de venda da empresa brasileira. No leilão, contudo, apenas a NV Participações, que representa os Trabalhadores do Grupo Varig, apresentou proposta de compra.

                  http://www3.atarde.com.br/economia/i.../12/986507.xml

                  Kommentar


                  • #59
                    Ich habe gerade in einem Airliner Magazin gelesen, daß die Varig sich langsam aus dem Inlandsmarkt zurückziehen möchte. Das wäre natürlich großer Mist, da man so auch die Airpässe vergessen kann. Die Tickets waren früher natürlich viel zu teuer, der Service nicht so doll und die Flieger auch oft leer.

                    In letzter Zeit gab es jedoch einige Frequenzstreichungen und die Flieger sind seit geraumer Zeit wieder besser gefüllt. Wollen wir mal hoffen, daß die TAP - oder wer auch immer - diesen desaströsen Laden auf Vordermann bringt.

                    galego.

                    Kommentar


                    • #60
                      mal abwarten.. VOOS CANCELADOS !

                      Juiz aceita venda da Varig para TGV com condições
                      PUBLICIDADE




                      Por Denise Luna

                      RIO DE JANEIRO (Reuters) - O juiz Luiz Roberto Ayoub, responsável pelo processo de recuperação judicial da Varig, homologou na segunda-feira, com condições, a venda da Varig para a NV Participações, que representa os Trabalhadores do Grupo Varig (TGV).

                      Ayoub disse que a NV Participações terá de comprovar até quarta-feira que tem recursos suficientes para honrar a oferta feita no leilão de venda da Varig na semana passada, de 449 milhões de dólares.

                      Além disso, o juiz pediu explicações sobre a emissão de debêntures planejada pela NV Participações ou a substituição do uso desse instrumento financeiro, que não estava previsto no edital do leilão de venda da Varig.

                      "Se eu me convencer que através dessa moeda (debêntures) terá liquidez, não terá impedimento de aceitá-la", disse o juiz.

                      O juiz da 8a Vara Empresarial do Rio, que se autoproclamou "anjo da guarda" da Varig, disse também que outros grupos poderão participar da compra da Varig junto com a TGV, se a Justiça autorizar. "Não tem nenhum problema (a entrada de investidores), acho que o caminho é esse."

                      Com dívidas de mais de 7 bilhões de reais, a Varig passa por recuperação judicial desde junho do ano passado. Na última quinta-feira, a parte operacional da companhia foi a leilão.

                      A NV Participações foi a única a apresentar oferta, analisada durante a sexta-feira e o final de semana por Ayoub.

                      Empresas que visitaram o "data room" (sala de informações) da Varig --como as rivais TAM, Gol e OceanAir-- não fizeram lances no leilão.

                      NOVA PROPOSTA?

                      Durante a tarde de segunda-feira, uma fonte do próprio Tribunal de Justiça do Rio chegou a informar que o presidente da companhia aérea portuguesa TAP, Fernando Pinto, teria apresentado ao juiz uma proposta de compra da Varig, que reunia a Air Canada e o fundo de investimento Brookfield.

                      "Hoje escutei o dia inteiro que haveria proposta de A, de B, de C. Eu não sei disso. Isso não compete ao Judiciário. Eu não participo de negociações com investidores", afirmou Ayoub.

                      O juiz mantém a hipótese de falência da Varig, caso a NV Participações não consiga atender às condições de compra da empresa aérea, mas disse que o Judiciário fará tudo o que for possível "para salvar essa empresa ou qualquer outra em condições semelhantes".

                      TERÇA-FEIRA: DATA CRUCIAL

                      Na manhã de terça-feira, a Varig terá audiência nos Estados Unidos com o juiz Robert Drain, do tribunal de falências de Nova York, sobre o arresto de seus aviões, em ação movida por empresas de leasing.

                      No final de maio, Drain prorrogou até 13 de junho a vigência de uma liminar evitando a apreensão de aeronaves da Varig pelos credores.

                      Pelo edital do leilão de venda da Varig, o comprador teria prazo de 72 horas para depositar uma entrada 75 milhões de dólares. Segundo Ayoub, como a NV Participações não recebeu a homologação final para a compra da Varig, ainda não precisa fazer esse pagamento inicial.

                      A Varig contava com esses recursos para evitar o arresto de seus aviões. Questionada sobre isso, a assessoria da empresa informou apenas que não trabalha com a hipótese de ter de devolver os aviões, mas não explicou sua estratégia diante do juiz norte-americano.

                      Ayoub, por sua vez, disse que não entrará em contato com a Justiça dos EUA. "Não haverá conversas entre os juízes. Não sei o que se passa pela cabeça do juiz, mas considero (Drain) um juiz social", disse Ayoub, que aposta que o colega dos EUA vai levar em conta os empregos e os clientes da Varig na hora de emitir um parecer.

                      VÔOS CANCELADOS

                      A Varig cancelou 20 vôos na segunda-feira, de acordo com a sua assessoria de imprensa. A companhia atribuiu os cancelamentos a problemas de manutenção de aeronaves e ao mau tempo.

                      A Varig, que durante muito tempo foi a maior do setor, viu sua participação no mercado doméstico cair a 14,4 por cento em maio, queda de 12 pontos percentuais contra o mesmo mês de 2005, de acordo com dados do Departamento de Aviação Civil (DAC).

                      yahoonews
                      Gruss brasilmen Thomas
                      www.brasilmen.de

                      Kommentar

                      Unconfigured Ad Widget

                      Einklappen

                      Brasilien Forum Statistiken

                      Einklappen


                      Hallo Gast,
                      Du hast Fragen?
                      Wir haben die Antworten!
                      >> Registrieren <<
                      und mitmachen.

                      Themen: 24.773  
                      Beiträge: 183.990  
                      Mitglieder: 12.547  
                      Aktive Mitglieder: 41
                      Willkommen an unser neuestes Mitglied, Test34Hilfe.

                      P.S.: Für angemeldete Mitglieder ist das Forum Werbefrei!

                      Online-Benutzer

                      Einklappen

                      271 Benutzer sind jetzt online. Registrierte Benutzer: 3, Gäste: 268.

                      Mit 2.135 Benutzern waren am 16.01.2016 um 00:30 die meisten Benutzer gleichzeitig online.

                      nach Oben
                      Lädt...
                      X